Você está em Home

Blog

» mais posts

09/10/2020 - POR REDAÇÃO

Comida japonesa: você sabe como harmonizar com vinho?

 

 

A combinação de vinho com comida japonesa não é das mais tradicionais, mas pode trazer experiências muito interessantes para o paladar. Ingredientes muitos usados na culinária oriental como o wasabi, shoyu, gengibre e tarê têm sabores marcantes e podem dificultar uma boa harmonização.

Harmonização é, acima de tudo, encontrar equilíbrio entre o vinho e o prato para realçar as qualidades de cada um. Como a comida japonesa é mais delicada e tem sabores mais suaves, os vinhos precisam seguir essas mesmas condições.

Vinhos brancos, rosés e espumantes combinam melhor, mas o vinho tinto também pode ser uma boa opção, desde que respeite algumas regrinhas. Continue a leitura e saiba mais como harmonizar vinho com comida japonesa.


COMBINE A LEVEZA DOS PRATOS COM OS VINHOS

Essa dica vale para qualquer tipo de harmonização para que a bebida consiga fazer o seu papel, que é acentuar o sabor dos alimentos sem se sobressair no paladar. Pratos mais leves, como sushis e sashimis, vão muito bem com espumantes jovens.

Além de ser uma bela combinação de leveza, eles ainda refrescam e limpam o paladar. A acidez dos espumantes ajuda a diminuir o sabor do sal, muito presente no shoyu. Prefira os de rótulos brancos ou rosés secos, como Brut, Extra Brut ou Brut Nature.

O vinho rosé também é indicado, principalmente, com peixes de carne mais escura, como o atum.


PRATOS CREMOSOS E GORDUROSOS

A culinária japonesa é muito vasta, com várias receitas de frutos do mar que possuem um gosto mais marcante, como lula, camarão, polvo e lagosta. O vinho branco é ideal para harmonizar com esses pratos, assim como peixes mais gordurosos, frituras (guioza, tempurás, rolinhos primavera), temakis e outros empanados.

Os rótulos mais encorpados e com acidez mais elevada, como o Sauvignon Blanc são ótimos para essa harmonização. Se você é fã do wasabi na comida japonesa, o vinho branco também é uma ótima opção de acompanhamento. Escolha aqueles mais leves e adocicados com baixo teor alcoólico, já que a raiz forte eleva a sensação alcoólica da bebida.


E OS VINHOS TINTOS?

Os tradicionais vinhos tintos também têm espaço nessa harmonização. Rótulos de Pinot Noir e Gamay, que são mais leves, combinam bem com pratos quentes da culinária oriental, como shimeji, shitake e yakissoba.

Se você gosta de um vinho mais marcante, experimente tomar um Malbec como acompanhamento de pratos feitos à base de carne de porco, carnes grelhadas, legumes cozidos e lamens. Essa combinação vai ressaltar o sabor da comida e do vinho.

Tome cuidado com a harmonização dos tintos com receitas que têm o sabor marcante do gengibre. Esse ingrediente é muito ácido e picante, o que não combina com esse tipo de vinho. O gengibre casa melhor com os espumantes e vinhos brancos, justamente porque eles conseguem controlar aquela sensação de ardência no paladar.


Agora que você já sabe que é perfeitamente possível harmonizar vinhos com comida japonesa, que tal selecionar um rótulo para aquele jantar oriental especial?

Nossos empórios (RIbeirão Preto e Campinas) possuem uma grande variedade de bebidas, visite-nos, escolha sua combinação e bom apetite!