Você está em Home

Blog

» mais posts

29/01/2021 - POR REDAÇÃO

Como diferenciar os diferentes tipos de champagne?

 

 

Comumente associada a celebrações, o Champagne é uma bebida sofisticada que desperta sensações únicas em nosso paladar. Isso acontece graças as bolhas de gás carbônico provenientes de seu método de produção, que entram em contato com nossas papilas gustativas e nos proporcionam o sentimento de “beber estrelas”.

Saiba diferenciar as variantes do champagne com o guia que preparamos a seguir.


AS DIFERENTES DEFINIÇÕES

• Espumante: Vinho que passa por um duplo processo de fermentação, com o objetivo de formar as bolhas de gás carbônico na bebida.

• Frisante: Apresenta uma quantidade mais sutil de bolhas em sua produção, já que passa por um processo único de fermentação. Assim, as rolhas dos frisantes não precisam ser tão fortes, já que não sofrerão o mesmo tipo de pressão.

• Champagne: Os espumantes produzidos na região de Champagne, na França, ganham esse nome graças à tradição da produção local. Dessa forma, todo Champagne é um espumante, mas nem todo espumante pode ser chamado de champagne.


DIFERENCIAÇÃO POR MÉTODO

A primeira fermentação das uvas transforma a bebida em vinho e é a partir dessa base que a segunda fermentação agirá para transformá-la em espumante.

Existem duas formas de realizar a segunda fermentação:

• Charmat: Nesse método, a segunda fermentação acontece em tanques pressurizados e só então o líquido proveniente do processo é engarrafado e pronto para ser consumido. Esse é um método relativamente mais moderno, já que veio depois do tradicional, conhecido como método Champenoise.

• Champenoise: Neste método, o vinho de primeira fermentação, ou vinho base, é engarrafado em garrafas de vidro espesso. Lá, o líquido passará pelo processo de segunda fermentação e criará as bolhas de gás carbônico em seu próprio recipiente. Como é de se imaginar, este é um processo mais demorado que o Charmat.


AS VARIÁVEIS DOÇURAS

É possível encontrar champagnes e espumantes com as mais diversas quantidades de açúcar em sua composição, e cada um deles ganha um nome proveniente de seu sabor.

• Nature: Nesse tipo, encontramos apenas 3 gramas de açúcar por litro da bebida, ou seja, é o tipo mais seco que podemos encontrar no mercado.

• Brut: Em sua composição encontramos entre 8 a 15 gramas de açúcar por litro, gerando um sabor mais equilibrado, ideal para quem gosta de bebidas mais secas.

• Extra Brut: Este tipo é um pouco mais doce que o nature, mas mais seco que o Brut. A quantidade de açúcar por litro apresenta variação entre 3 e 8 gramas.

• Sec: Apesar do nome, apresenta um valor maior de açúcar por litro do que o brut. A variação é de 15 a 20 gramas.

• Demi-sec: Aqui a variação é bem maior, podendo ir de 20 gramas até 60 gramas de açúcar por litro.

• Doce: Podemos chamar um espumante de doce quando sua composição apresenta mais de 60 gramas de açúcar por litro de bebida.


Agora que você já sabe diferenciar os tipos existentes de champagne, visite nossos empórios em Ribeirão Preto e Campinas para escolher aquele que mais agrada seu paladar e aproveitar todo o sabor e sofisticação desta tão tradicional bebida!