Você está em Home

Blog

» mais posts

18/03/2020 - POR REDAÇÃO

Saquê: conheça os diferentes tipos que existem e como utilizar cada um!

 

 

O saquê é uma bebida tipicamente japonesa, porém, muito popular aqui no Brasil. Há todo um universo em torno dessa bebida, por conta de possuir uma gama de tipos. A fermentação e o polimento do arroz são exemplos de itens que podem fazer toda a diferença no produto final.

Podemos encontrar no mercado versões mais comuns e outras mais sofisticadas. À primeira vista, pode parecer um tanto confuso para o consumidor que ainda não experimentou a bebida. Entretanto, é simples de entender e rapidamente o consumidor ficará fascinado com o mundo dos saquês.

Saiba neste post quais sãos os tipos encontrados e como utilizar cada um!


OS TIPOS DE SAQUÊ

• Prêmium: Precisa ter um mínimo de 30% de polimento, que diz respeito à pureza do arroz. Não possui muitos aromas e é interessante para os iniciantes nesse tipo de bebida. Ele costuma ficar pronto depois de um ou dois meses de fermentação.

• Ginjo: Possui cerca de 40% de polimento, sua fermentação acontece em temperaturas mais baixas, por isso é mais encorpado e mais frutado. Esse tipo é produzido depois de três ou quatro meses de fermentação.

• Daiginjo: Tem 50% de polimento, o que torna necessário o trabalho artesanal, agregando imenso valor para a bebida. É fermentado em temperaturas baixíssimas e tem aroma e sabor complexos. A sua fermentação pode durar até seis meses.

Além destes, que fazem parte de uma classe mais sofisticada dos saquês, temos cerca de treze tipos da bebida em sua versão mais comum. Destes, destacam-se:

• Junmai: Tem 100% de fermentação de arroz, o que torna o arroz seu sabor predominante.

• Honjozo: Essa versão tem álcool destilado na composição, porém, não altera o teor alcoólico do saquê. É mais suave e fresco em seu sabor.

É possível encontrar uma diversidade de fabricantes e de produtos no Japão. Por conta de cada um deles fazer a bebida de forma particular, a gama de tipos é grande.


COMO UTILIZAR O SAQUÊ

Os formatos mais comuns do saquê são aqueles que mais combinam com variados tipos de refeições. A bebida pode inclusive ser servida quente, porém, isso não é recomendado nas versões mais sofisticadas. Além disso, pode ser servido em taças de vinho branco, para "segurar" melhor o sabor e aroma.


COMO CONSERVAR

Os saquês têm normalmente uma validade de dois anos. Somado ao tempo de preparação até chegar ao consumidor, pode chegar a alguns meses. Por isso, não pode ser guardado por muito tempo, além disso, algumas versões devem ficar na geladeira.

Viu como há um universo em torno do saquê? Há muitos tipos e são para todos os gostos. Se você ainda é leigo e não experimentou, já sabe o que pode encontrar e como combinar.

Para aqueles que desejam sair da zona de conforto e experimentar uma bebida diferente, o saquê é uma boa opção. O ideal é comparecer a um local especialista em servir o saquê e acompanhamentos que tornem a experiência ainda melhor.

Gostou? Visite um de nossos Empórios nas cidades de Ribeirão Preto ou Campinas e escolha entre os saquês mais famosos do mundo que temos à disposição!


 

Acesse Nossa

Loja Virtual

Acesse agora