Você está em Home

Blog

» mais posts

11/12/2019 - POR REDAÇÃO

Vinho frisante: saiba como harmonizar ele com os seus pratos

 

 

O momento de uma refeição é único e precisa ser pensado com todo carinho, fazendo com que todos os detalhes funcionem, para que se tenham momentos inesquecíveis, seja sozinho ou com pessoas queridas.

Entre os fatores que precisam de um cuidado especial está a harmonização de vinhos com os pratos, no caso de uma refeição um pouco mais sofisticada.

Por exemplo, vamos falar sobre os vinhos frisantes. Como harmonizá-los da melhor forma, para que a experiência dos presentes na refeição seja completa?


PARTICULARIDADES DO VINHO FRISANTE

Primeiramente, vale destacar algumas das particularidades e características do vinho frisante. Por conta da sua forma de produção, com a manutenção do gás carbônico produzido após o processo de fermentação, o líquido preserva certa quantidade de gás em sua composição, ainda que bem menor do que no caso dos espumantes, por exemplo.

Além disso, vale destacar que este tipo de bebida tem sabor delicado, embora com certa dose de acidez. Esses dois detalhes são importantes e podem fazer toda a diferença no momento de combinar o vinho com os pratos a serem servidos.


COMO HARMONIZAR O VINHO FRISANTE COM OS PRATOS

Conhecendo as características do vinho frisante, vamos às melhores formas de harmonizá-lo com os pratos. Pensando em uma proximidade de estilo, é possível combiná-lo com alimentos mais leves, como saladas, por exemplo. Até mesmo a sobremesa, dependendo de qual for o tipo, pode ser acompanhada por uma taça de frisante.

Também por conta de seu teor mais leve, é possível servir este tipo de vinho no momento dos aperitivos, como queijos e castanhas, antes dos pratos principais. Até mesmo uma refeição mais suave, como um lanche durante o dia, é propícia para que se experimente um frisante, já que o teor alcoólico é delicado, em torno de 7%.


HARMONIZAÇÃO POR CONTRASTE

Dependendo do paladar e dos gostos das pessoas envolvidas na refeição, pode-se preferir um maior contraste entre as características do vinho e do prato. Neste caso, com a delicadeza do frisante, será necessário a escolha de pratos mais pesados e bem servidos.

Neste caso, é a acidez do vinho que entrará em ação como fator preponderante para que a combinação seja completa. Por exemplo, em pratos gordurosos, é justamente o teor ácido que faz com que o paladar sinta menos a gordura, suavizando o gosto do prato.

Com isso em mente, o vinho frisante é uma boa opção para servir com carnes mais pesadas e gordurosas ou até mesmo peixes. Pizzas e salgados também podem ter esse tipo de bebida como acompanhamento.

Todas as características citadas acima mostram como o vinho frisante combina com uma série de pratos e, por isso mesmo, torna-se uma opção bastante interessante para quem quer uma boa refeição, 100% harmônica com as comidas servidas.


Gostou do conteúdo e se interessou por um bom vinho frisante, ou mesmo por outros tipos de bebida?

Não perca tempo e visite já um de nossos empórios! Neles você encontrará uma vasta gama de produtos, com os preços mais competitivos do mercado e as melhores condições de compra.

 

Acesse Nossa

Loja Virtual

Acesse agora